Katrynne Barbosa
Oiee pessoas!
Em toda a minha vida de adolescente(não que eu seja tão velha, rs'), eu sempre adorei ter diários, eu tive muitos, mas tem um que é especial, eu ganhei ele de presente de aniversário de um amigo da minha mãe, no ano de 2003. Nossa, lembro que eu nunca fiquei tão feliz em ganhar um diário como naquele dia! Ela era liindo, do jeito que toda menina de 12 anos gostava: Rosa, folhas decoradas e rosas também, a capa era a Dee Dee, a irmã do personagem de desenho 'O laboratório de Dexter'... Eu tinha até pena de estragar aquelas lindas folhinhas rosas com a minha letra, que aliás está muito melhor hoje!(kkkkkkk'). Enfim, achei que minha mãe tinha jogado ele fora, mas ontem eu achei ele, ainda no mesmo lugar, e fui ler tudo o que tinha escrito em todo o tempo que eu tive ele, aliás eu escrevi n'ele até sua última folha rosa; comecei a ler... E logo comecei a rir das minhas besteiras, eu verdadeiramente contava tudo pra esse diário, todas as minhas angústias, que naquela época não eram poucas; contava sobre os meus amigos e a parte que eu mais gostei de ter lido: Sobre os meninos que eu gostava! Nossa gente, eu escrevia cada coisa, eu era muito inocente e bobinha, eu ficava confusa de quem eu gostava, eu me apaixonava por quem não tava nem aí pra mim, escrevi até uma carta de amor(angústia) quando um grande amor meu foi embora; eu quase chorei, porque naquela época eu realmente amava ele, aliás, ele foi meu 1º amor e o meu 1º beijo ♥ Eu tinha 13 anos. Foi muito angustiante passar por aquilo sozinha, então eu escrevi uma carta pra ele, mesmo se ele não fosse ler. Muito triste! Mas ao terminar de ler todas a s folhas, eu me senti muito feliz e grata a Deus, porque eu superei TODOS os traumas que eu escrevia lá, eu esqueci todos que me fizeram mal e todos os garotos que eu pensava que não ia esquecer! \o/ Eu ri muito de mim mesma quando li tudo que eu escrevi; lembrei que adorava Rock, especialmente Linkin Park(foi uma época louca), eu amava o Kayky Brito, lembrei também que eu e a minha BFF Aline, trocávamos de diário, eu lia o dela e ela lia o meu, eu sempre confiei nela totalmente e não tinha medo de ela contar pra alguém! Depois de tudo, eu fiquei pensando: 'Como a gente muda', e realmente, a gente muda tanto que quando eu li as minhas próprias palavras eu nem acreditei que aquela menina boba e frágil era eu á 6 anos atrás! :O
Mas eu creio que tudo cooperou pra pessoa que eu sou hoje, mais feliz, mais confiante, enfrento os problemas de frente e não me apaixono tão fácil mais! AMADURECI! \o/ GRAÇAS A DEUS! Mas, foi bom relembrar de coisas que eu já tinha esquecido: Eu era muito sonhadora! Tomei isso de volta pra mim. Experiência essa que eu jamais vou jogar fora! Foi uma boa época das minhas crises de adolescente loira! rsr' Abraços e laços *.*

| edit post
Reações: 
0 Responses

Postar um comentário